terça-feira, 9 de agosto de 2011

PAI !...

Carlos Celso Uchoa Cavalcante (08/agosto/2011)

Pai !...
a tua benção que me fortalece,
o meu abraço que te enaltece,
recordações felizes que ficaram.

Pai !...
o teu carinho, a compreensão,
ensinamentos, a repreensão,
em mim, a boa índole deixaram.

Pai !...
há algumas décadas partiste
fiquei muito pequeno, aqui, tão triste,
com doze anos, pré-adolescente;
eu e mamãe, mais uma irmã pequena
rogava a Deus por uma dor amena
no sofrimento que afligia a gente.

Pai !...
hoje, adulto, eu também sou pai,
meu pensamento ao passado vai
e lembra-me o teu doutrinamento,
mesmo pequeno te fiz meu espelho
aprendi muito sem uso do relho
orgulho de fiel contentamento.

Pai !...
a tua ausência é só de matéria
meu pensamento se fez de artéria
para falar contigo, se quiseres,
estou aqui feliz neste teu dia
num misto de saudade e alegria
te abraçando onde estiveres.

Pai !...
feliz dia dos pais.

3 comentários:

MARINA GENTILE disse...

Belíssima poesia para seu pai, belíssima e merecedia homenagem. Também tenho muita saudades do meu pai, fiquei metade depois que ele faleceu.

adria disse...

Lindo poema/homenagem, que deus abençoe todos os pais e filhos. Parabéns, abraços.

helena de paula disse...

sensacional estou feliz or ter conseguido chegar ate sua pag...amei li tudo ...Parabéns!Um beijo!