domingo, 18 de setembro de 2011

A PRIMAVERA

Carlos Celso Uchoa Cavalcante (18/setembro/2011)

Num ziguezaguear, em tantas cores,
aéreo, exibindo siluetas
adornam o jardim as borboletas
a confundir-se com as diversas flores.

Misturam-se a elas colibris
no nectário que lhes oferecem,
das árvores, com seu canto enaltecem
felizes, a natura, os bem-te-vis.

A luminosidade do sol morno,
suave brisa, todo esse adorno
traduzem mil instantes de quimera.

Aos olhos tudo isso é um encanto
ao ego mais parece um acalanto
a embalar-nos, é a primavera.

4 comentários:

HELO disse...

E a primavera chega radiante,enchendo de flores os canteiros dos jardins!!vim aqui conhecer teu blog..e tuas poesias!!parabens, so náo consegui ser tua seguidora...uma boa noite...
heloisa crosio

Jardim das poesias infantis/Magia em versos disse...

boa noite poeta amigo!
parabéns pelos lindos poemas.
obrigado pela indicação.
abração

soninha disse...

A Natureza te aplaude de pé!parabéns.bjs e paz.

Marlene disse...

ÓLA CARLOS VIM CONHECER VOCE E SUAS POESIAS GOSTEI MUITO PARABENS
COM A PRIMAVERA CHEGANDO TUDO FICA FLORIDO PERFUMADO LINDO DAVONTADE DE CONHECER MAIS AMIGOS MAIS POEMAS
BLOGS NOVOS AMPLIAR OS ORIZONTES UM ABRAÇO AMIGO COM CARINHO MARLENE